.rio será aberta para registro do domínio

logo da marca registrada .rio gTLD

A cidade do Rio de Janeiro prepara-se para dar início ao registro de domínios com a extensão gTLD .rio que foi atribuí à prefeitura no último ano, com isso pessoas e empresas poderão registrar um domínio com o Top Level Domain “.rio”

O que é um Top Level Domain – TLD?

Ao analisar um o endereço de um site temos a seguinte estrutura de forma geral: http://www.nomedosite.com.br que é dividido desta maneira:

  • http:// – o protocolo de transmissão para acesso ao site;
  • www – a indicação do diretório principal do site, quando presente, não sendo obrigatório;
  • nomedosite – o domínio registrado;
  • com  – top level domain, a designação de entidade comercial e
  • br – ccTLD Country Code Top Level Domain – a definição do país no qual o nome está registrado.

Começando pelo final temos o ccTLD que designa o país no qual se está registrando um domínio, no exemplo “.br” para Brasil.

Os Top-level domains foram criados para identificar o ramo de atuação de quem registrava um domínio, endereço para um site, o mais comum é o “.com” de comercial no entanto, existem diversos TLD’s para como “.net”, “.biz”, “.adv”, “.tur”, este site, por exemplo, por ser voltado para a atuação de um escritório de advocacia optou pela TLD “.adv” com o ccTLD “.br”.

Embora muitos sites dos Estados Unidos utilizem apenas o “.com” para sua identificação, eles possuem a ccTLD “.us” designada, porém como a Internet é uma criação americana, que somente posteriormente foi estendida para outros países a terminação .com foi amplamente adotada independente do “.us”.

O que são os domínios gTLD (generic Top Level Domain)

A busca por domínios “.com”, independente de ser seguida ou não de um ccTLD é sempre maior e começava a haver um esgotamento dos domínios

domínios .rio domínios .rio

“.rio” – cidade do Rio de Janeiro prepara-se para iniciar o registro de domínios .rio.
disponíveis além disso, houve também um uma busca por ccTLD’s de países que fizessem alusão a um determinado segmento de mercado, como “.am” e “.fm” para identificar rádios AM e FM, ou “.tv” para televisão ou ainda “.me” para identificar serviços voltados para pessoas.

Essas demandas fizeram com que a ICANN no final de 2011 aceitasse a adoção de TLD genéricos, independente de uma lista específica aprovada, assim qualquer empresa, cidade ou qualquer organização pudesse administrar um TLD genérico ou gTLD.

Em janeiro de 2012 foi aberto o processo para o registro e desde outubro de 2013 os domínios aprovados estão sendo divulgados.

Estes domínios podem ou não usar os TLD’s existem ou submeterem-se aos ccTLD’s mas o mais comum é que utilizem apenas o gTLD aprovado.

Atribuição do gTLD .rio para a prefeitura do Rio de Janeiro

o gTLD “.rio” foi atribuído em maio de 2014 à prefeitura do Rio de Janeiro, que requisitou através da Empresa Minicipal de informática SA – IPLANRIO a administração do do “.rio”.

A operação do registro será feita pelo NIC.br responsável pelo registro dos domínios “.br” e pode ser acessada pelo domínio NIC.rio.

Quem poderá registrar um domínio “.rio”

De acordo com o site que está gerenciando a liberação dos domínios “.rio” ainda não foram definidas todas as regras para o registro do com o gTLD “.rio” mas algumas delas já estão definidas.
O primeiro requisito será estar estabelecido na cidade do Rio de Janeiro, seja Pessoa Física ou Jurídica.
Outra questão não que apesar de delineada não está clara é quanto à ter o nome largamente reconhecido na Cidade do Rio de Janeiro, será necessário esperar para verificar quais as condições e formas de prova serão especificadas.
Além disso haverá a restrição para o registro de termos ligados a atividades ilicitas, prejudicial à imagem do Município ou não ter sido requerida durante o período específico para o registro de marcas.

O sistema será aberto para requisições a partir de 02/03/2015 sendo a regulamentação específica publicada até o final de fevereiro.

Envie um Whatsapp
Precisa de ajuda?
Olá,
Em que podemos ajudar?